Cientistas mostram por que azeite de oliva reduz pressão arterial

O azeite de oliva, juntamente com vegetais de folhas verdes, são compostos de um tipo de ácido graxo que leva à redução da pressão arterial, disseram cientistas britânicos nesta segunda-feira (19).

O estudo com camundongos ajuda a entender trabalhos anteriores, segundo os quais a chamada dieta mediterrânea - que consiste em uma alimentação com pouco sal, poucos alimentos industrializados, pouca gordura de origem animal e maior ingestão de frutas, legumes, vitaminas e minerais - combate a hipertensão. O estudo, financiado pela British Heart Foundation, foi publicado na revista americana "Proceedings of the National Academy of Sciences" ("PNAS").


Esses ácidos-graxos parecem inibir uma enzima conhecida como epóxido hidrolase solúvel. Essa inibição induz à vasodilatação, que leva à diminuição da pressão arterial, de acordo com o estudo.A dieta inclui gorduras insaturadas contidas no azeite de oliva e em alguns frutos secos, bem como espinafre, aipo, abacate e cenoura, alimentos ricos em nitratos inorgânicos e nitritos.

"Os resultados do nosso estudo ajudam a explicar por que trabalhos anteriores mostraram que uma dieta mediterrânea, combinada com azeite de oliva extra-virgem ou nozes, pode diminuir a incidência de problemas cardiovasculares", disse o co-autor do estudo, Philip Eaton, professor de bioquímica cardiovascular do King's College de Londres.

Enquanto a maioria dos especialistas concorda que a dieta mediterrânea - que inclui verduras, peixe, grãos, vinho tinto, nozes e azeite - traz benefícios para a saúde, até agora houve pouco consenso sobre o que leva a esses benefícios.



http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2014/05/cientistas-mostram-por-que-azeite-de-oliva-reduz-pressa